Retrospectiva 2017: Programa de redução dos resíduos da APAS Show foi destaque no Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental

FOTO GESTAO DE RESIDUOS APAS 2017

O Programa que desvia de aterros sanitários os resíduos que podem ser reciclados, reaproveitados ou transformados em adubo, e insere de novo esses materiais na cadeia produtiva, o que gera impacto econômico, social e ambiental positivo, comemorou a conquista da menção honrosa no Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental de 2017.

A premiação foi promovida pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e reconheceu as empresas que desenvolvem projetos ambientais com resultado significativo para a melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente. Em sua 23ª edição, foram mais de 50 cases inscritos, sendo que a Eccaplan se classificou entre as quatro melhores iniciativas entre micro e pequenas empresas com o Movimento Sou Resíduo Zero.

Inspirado no movimento Zero Waste, ou Lixo Zero, o Sou Resíduo Zero engaja  empresas e pessoas na redução dos resíduos gerados e do impacto ambiental. O Programa pode ser implementado por eventos e instituições públicas e privadas que, a partir de uma gestão de resíduos inteligente, ainda obtêm significativa redução de custos.

Com o propósito de criar uma relação mais próspera entre pessoas, instituições e meio ambiente, a Eccaplan é a consultoria em sustentabilidade responsável por implementar e difundir a iniciativa Sou Resíduo Zero no Brasil.

“As pessoas e empresas sabem que precisam mudar a forma e intensidade com que usam os recursos naturais e tratam os resíduos, e aderir ao Sou Resíduo Zero é uma forma prática de fazer isso“, conta Fernando Beltrame, presidente da Eccaplan

Desde 2015, já foram desviados dos aterros sanitários cerca de 6,5 toneladas de resíduos.

 APAS Show também é sustentabilidade

 A 33ª edição da APAS Show, por meio da Gestão dos Resíduos realizada pela Eccaplan, reduziu em 30% a quantidade de caçambas de rejeitos descartados em comparação ao ano passado. Ao todo, foram reciclados 219.793 kg de materiais, como por exemplo, alumínio, plástico, papelão, retalhos de lona e madeira, que foram destinados à Coop-Reciclável, Cooperativa de Catadores de Materiais, e resultaram no reaproveitamento de 68% dos descartes.

De 2016 para 2017, o número de caçambas caiu de 41 para 29. A APAS Show desse ano ainda registrou aumento de 125% do número de caçambas de madeira (de 12 para 27).

“Todos os materiais potencialmente recicláveis foram pré-triados e destinados à Cooperativa. Durante 13 dias, entre montagem, a realização do evento e a desmontagem da APAS Show, foram reaproveitados quase 220 quilos de materiais recicláveis”, explica Pedro Celso Gonçalves, presidente da APAS.

As emissões de gases estufa do evento, 72,64 ton CO2eq, foram compensadas por meio do Programa Evento Neutro, com apoio financeiro aos projetos ambientais brasileiros certificados e auditados: Ecomapuá Amazon (REDD) e Cerâmicas Lara. A APAS Show também recebeu o Selo Sou Resíduo Zero.

 Mais informações: https://souresiduozero.com.br/2017/11/12998/.



Notícias relacionadas


Últimas Notícias


menu
menu