Blog APAS Show: Carrefour adota venda de ovos de galinhas criadas fora de confinamento


A política “cruelty free” (sem crueldade) cada vez mais se afirma como uma pauta importante na agenda das empresas e marcas pelo país. A prática se desdobra em diversas frentes, seja pelo abate humanitário – quando animais em frigoríficos são executados de forma a minimizar ao máximo possível o sofrimento deles – ou pela decisão de não testar ingredientes em cobaias – no caso de produtos de beleza e higiene.

Outra frente em que essa política se manifesta é na quebra do paradigma de confinamento dos animais. Recentemente o Carrefour tornou pública a decisão de comercializar ovos apenas de granjas que não mantém as galinhas presas em gaiolas. A decisão afeta, por enquanto, lojas da Europa e do Brasil – único país fora do velho continente a adotar a prática sustentável. Inicialmente os ovos serão comercializados sob a marca própria do Carrefour “Sabor & Qualidade” e o compromisso de implantação prevê que até 2028 a rede venda produtos oriundos apenas de fornecedores que adotem o sistema de manejo livre.

Qualidade percebida pelo cliente

Além de ser uma decisão consciente que revê e questiona os modos de produção atuais, a escolha vem embasada por pesquisas científicas. Há diversos estudos que demonstram uma qualidade superior dos produtos vindos de fontes que se preocupam com o bem-estar animal em contraposição ao estresse submetido àqueles oriundos de sistemas de confinamento. Essa qualidade também é percebida pelo consumidor, segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de Adelaide na Austrália.

Os pesquisadores procuraram descobrir as motivações que levavam os consumidores a comprar ovos de granjas que demonstravam uma preocupação com o conforto das galinhas. Entre os resultados, uma das principais razões para esta escolha do cliente estava na crença de uma qualidade e sabor melhores destes ovos frente aos produzidos a partir do modelo industrial de granja.Leia na íntegra.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias


menu
menu